. dicas para pais

post_12ago.jpg
[pais]

5 dicas para os pais

 Acredito plenamente que uma mudança se faz necessária na maneira dos pais entenderem a missão que têm no lar, na igreja e na sociedade como um todo. Vejo um comodismo crescente entre os homens, e isso fragiliza as estruturas sociais, a começar pela família. Nesta breve reflexão quero chamar a atenção dos pais para alguns aspectos importantes do nosso desempenho paternal. 

1. Mantenha a autoridade. O Dr. Benjamim Spock disse: “A incapacidade de ser firme é, a meu ver, o problema mais comum no mundo hoje”. E essa falta de firmeza está bem presente dentro do lar. No passado o adulto era o centro do lar e a criança era escrava dos pais. No lar de hoje a criança é o centro e os pais estão se tornando escravos das crianças. A Bíblia diz: “Quem se nega a castigar seu filho não o ama; quem o ama não hesita em discipliná-lo” (Pv 13.24).

2. Ensine a fé. Os primeiros responsáveis para ensinarem de Deus às crianças são os pais. A igreja auxilia, mas são os pais os primeiros mestres de Bíblia aos filhos. A Bíblia diz: “Pais, não irritem seus filhos; antes criem-nos segundo a instrução e o conselho do Senhor” (Ef 6.4). Quando os pais não ensinam os filhos a viverem para Deus, mais facilmente os irritam, porque deveriam criar os meninos segundo a Palavra de Deus. A melhor educação começa com a fé. Confiar em Deus é a base de tudo (Pv 1.7).

3. Implante o amor pelos livros. Gosto de uma citação do Pr. Ricardo Gondim: “Deus é escritor e os que querem se achegar a Ele devem aprender a gostar de ler”. Uma das melhores coisas que os pais poderiam fazer para seus filhos, seria ensiná-los a gostar de ler, e conseqüentemente ler livros bons. É claro que os pais não farão isso se não apreciam a leitura. A Bíblia diz que Timóteo conhecia as Sagradas Letras, capazes de torná-lo sábio para a salvação mediante a fé em Cristo Jesus (2 Tm 3.15).

4. Libere seus filhos crescidos. A Bíblia diz que os pais não devem irritar seus filhos, para que eles não desanimem (Cl 3.21). Certamente que uma coisa que irrita e desanima um filho, principalmente se já está crescido, é ser controlado (manipulado) pelos pais. À medida que os filhos crescem, devem ir ganhando liberdade. Quando o filho pródigo pediu a herança, o pai o fez. Não muito tempo depois o filho saiu de casa. Depois voltou, mesmo que o pai não pedisse que ele voltasse (Lc 15.11-20).

5. Assuma o sacerdócio do lar. Os pais devem assumir a liderança espiritual de suas famílias. Em muitos lares evangélicos o conhecido “culto doméstico” já é coisa do passado. Os pais devem acompanhar de perto todos os acontecimentos do lar. Gosto do exemplo de Jó. Ele se colocava diariamente diante de Deus por seus filhos. Deus era amigo de sua casa (Jó 1.4-5; 29.1-5). Naturalmente fica subentendido que os pais creiam no Senhor Jesus, para que eles e a família sejam salvos (At 16.29-33). 

Conclusão: Que os pais não percam a autoridade no comando da família e na criação dos filhos. E o melhor caminho para isso é instruir os filhos nas verdades bíblicas, para que eles sejam capacitados para uma vida saudável. Que a Bíblia seja um livro lido, apreciado, amado e praticado em nossos lares. Nossos filhos são como flechas, devemos ter para eles um alvo certeiro. Que cada pai se levante como um verdadeiro sacerdote em sua família. Que Jesus Cristo seja o Senhor de cada pai.
fonte Antonio Francisco

em tempo… feliz dia dos pais (pra quem tem um…)!

Uma resposta em “. dicas para pais

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s